underson leitty
um dia qualquer
lyrics

7 da manhã ligeiro to de pé

De olho no jornal enquanto tomo meu café

Tevê já logo cedo com notícia a toda hora

Traz a dúvida cruel se eu ponho ou não o pé pra fora

Acidente , tiro são destaques no cardápio

Servido a quem não escolheu na vida ser larápio

A frieza desse mundo faz com q eu me agasalhe

E a necessidade faz do medo apenas um detalhe

Denovo, to pronto pra minha guerra solitária

Já que minha sorte não tem sido muito solidária

Minha mãe ora por mim pois o meu trampo lhe preocupa

E na pista lembro disso e sinto Deus em minha garupa

(ufa) , musica no fone deixa calmo

Atento , pois meu destino não é os 7 palmos

Da terra da uva até a terra do nunca

Transitando vou, entre palácios e a espeluncas

Sem preconceito , faço valer a minha vaga

Me apego ao q pago e valorizo a quem me paga

Acomodado não! é bom ter um salário

E melhor ainda o gosto de se fazer necessário...

Placas e Out-dores por todo trajeto

Chapas e mulheres trabalhado de Objeto

Pessoas sem rumo vagando pelo limbo

E outras queimando sua vida num cachimbo

De janeiro a dezembro em toda estação

é a paisagem que deixa até palhaço em depressão

Enquanto eu piloto, na mente eu anoto

Coisas que fé eu não boto , mundão ta feio na foto

Polícia militar é pra servir e proteger

Atiram primeiro segundo e terceiro e depois vem pedir o R.g

Causa e efeito, em todo sentido

Já q todo motoboy ou é suspeito ou é bandido

Fui liberado , será que hoje fui uma exceção

Ou excepcionalmente aquele tinha coração

Não sei , ao menos consegui sair do panico

A meta agora ser sobrevivente desse trânsito

Chegar em casa e reencontrar todos em paz

Sorrir ao ver o alívio no sorriso dos meus pais

Bem longe da cena e bem longe da pena

De quem queria me ver hoje ao vivo no Datena!

Esquece! , as estatísticas não me atinge

Tenho trinta de idade com o folego de quinze

Preparado pro que der e vier

E disposto para o próximo Dia qualquer ....