underson leitty
arte adianto
lyrics

Verso 1: Gaber RapSim

Só quem chegou perto das brisa, sabe bem oque é um a**alto

Uns pra perto do altar, outros bem longe e bem alto

Nada ver com isso, nada contra aquilo

Nada posso fazer alem de ficar tranquilo

Opinião de quem buxixa, parceiro não rola

Falsos como o ''Guina'' impregna igual marola

Meu pa**ado, por favor cancele

Se for preciso pra jogar tiuzão, apele

Minha matéria prima, prova igual trova dos povo

Ceis que morrer de velho ou então nascer denovo?

Pra mim, quem vive de copia já morreu

Everyday, eu acordo sendo mais eu

Sou meio legado na arte de descobrir

Leigo ao cubo na arte de encobrir

Underground e lá embaixo igual vida sem gosto

Querendo ser a razão do sorriso de algum rosto

Esboço do perfeito, poço de defeito

Moleque sem jeito, longe de ser perfeito

Eu sou, a**im mesmo, neguim não se ilude

Longevidade procurada nas longitude?

Han han! to congelando os inferno

Enquanto esvazio os bolsos e entupo os caderno

Tempos líquidos, me tornam mais experiente

Se fazer rima é '' trampar'', to matando o expediente!!

Refrão:

Enquanto, a vida vai pa**ando nois aqui segue no

Canto, de poesia e rima boa isso eu

Garanto, é peso logo mais nos 4 cantos

Onde a musica for vista como Arte & Adianto... (bis2)

Verso 2: UnderSon Leitty

Bem longe da Bad trip, enquanto a vida alopra

Pra lona tem lista vip e la fora o vento a**opra

Stress não me entorpece, sou só mais um são

Que percebeu que o silencio não traz solução

Minha determinação ninguem breca

E nisso eu sou zica igual o '' Zico'' e malandro igual o '' Zeca''

Poeta nato fato, rato na função que exerço

Desde o tempo que eu pulava, sozinho la do berço

O presente e a**ustador, e o futuro e abstrato

Humildade e luxo, e por ter saude eu ja sou grato

Rotina sem nicotina e muito menos'' pinga pura''

Pra não sonhar com ''Alphaville'' e acordar em ''Cingapura''

Palavra é armadura que eu mais uso no fight

E pra olho-gordo eu receito um ''colírio light ''

Respeito, isso não vende la no Carrefour

Minha mente e brilhante, e perto dela o sol e um abajur

Fazendo oque posso eu sigo levando meu verso por onde que eu ande

E tem mano na vida, na rua e na net que é ''Sandy'', e se acha o ''Mahatma Gandhi''

Resolvo no improviso e nessa onda se não dropa

Meu free daria orgulho ate o saudoso (Big Poppa)

Tenho família e filhos, tres cachorros e uma gata

E a piada já perdeu a graça, é o UnderSon Leitty que não vira nata

Minha vida tem ''RapSim'' , ''Tosskera'' é a minha posse

E se o seguro morreu de velho a minha fé nasceu precoce!